Durante umas férias e por mero acaso
descobri Casteição, edesde então tenho
tentado saber mais da história desta
aldeia que em tempos idos teve um
castelo, foi habitadapor nobres e
cavaleiros, teve leis especiais, uma
Abadia, foi sede de Concelho teve
Tribunal, Camâra, Prisão.
Actualmente ainda mantém traços
da sua grandeza histórica, mas como
tantas outras é uma pequena aldeia
que poucos conhecem, visitá-la é um
passeio para recordar.

17.2.08

Casas com História

Antiga Camâra Municipal


Antigo Tribunal

Antiga Prisão



7 comentários:

Li disse...

Olá Mara
Muito obrigada pela visita ao meu blog e pelo simpático comentário
Bjs

asp disse...

Olá Mara:

Obrigado pelo comentário que fez em asp3.blogspot.com, sobre a divulgação de uma publicação sobre Cafede. Nesse Blog encontra também informação sobre uma outra publicação referente a Meimoa (Penamacor). Vou procurar informações sobre Casteição e se encontrar remeto-lhe. Parabéns pelo seu Blog e pela divulgação de Casteição. Eu, pensava conhecer a Beira, bastante bem e de facto tenho uma lacuna, que vou procurar rectificar, quando estiver nessa região. Continue, aprofunde os registos etnográficos, recolha o que ainda houver por recolher,Lendas, Romances, Cantigas de trabalho, cantigas de embalar, Descantes e tudo o mais e partilhe essa actividade na comunidade blogista. De novo, parabéns e ficarei à espera de mais conteúdos.

asp disse...

No site da CM da Meda encontrei esta informação bibliográfica: Sobre a importância desta verdadeira e pouco conhecida "jóia histórica" vale a pena ver o que dela se refere nas obras: "Terras da Meda - Natureza e Cultura", do Prof. Dr. Adriano Vasco Rodrigues; "Casteição - Contributo para o estudo da história e da arqueologia" do Dr. Albertino Marques, e "O Concelho da Meda - 1838/1999", do Dr. Jorge Lima Saraiva.

asp disse...

Arquivo Distrital da Guarda:

"Mêda
Casteição
Referência: PT/ADGRD/PMDA06
Titulo: Paróquia de Casteição [Meda]
Datas: 1754 - 1904
História Administrativa: Povoação e freguesia de Nossa Senhora da Assumpção, concelho de Mêda. Foi vila cujo orago era Nossa Senhora da Graça. Teve forais dados por D. Sancho I em 30 de Junho de 1196, D. Afonso II em Novembro de 1217 e D. Sancho II em 1234. Pertenceu ao concelho de Trancoso, passando depois para o concelho de Mêda.
Dimensão e suporte: 30 liv; papel e mf
Nível de descrição: Fundo
Nome do produtor: Paróquia de Casteição
Fonte de aquisição ou transferência: Documentação (originais) proveniente da Conservatória do Registo Civil de Mêda e incorporada neste Arquivo Distrital em 5 de Maio de 1987, 19 de Fevereiro de 1997 e 12 de Agosto de 2002.
Âmbito e conteúdo: Constituído por livros de registo de baptismos, casamentos e óbitos
Condições de acesso: Comunicáveis, excepto os documentos em mau estado de conservação
Instrumentos de Descrição: Inventário toponímico por freguesias; Inventário Colectivo dos Registos Paroquiais, vol. I, AN/TT, Inventário do Património Cultural Móvel, 1993, p. 186 – 260; calm
Sistema de organização: Ordenação cronológica por série documental
Existência e localização de originais: Os livros de Registo de Baptismos (1628 - 1761, 1878 - 1897, 1900 - 1910); Registo de Casamentos (1625 - 1696, 1698 - 1755, 1884 - 1897, 1900 - 1910) e Registo de Óbitos (1625 - 1774, 1878 - 1897, 1900 - 1910) encontram-se na Câmara Eclesiástica de Lamego.

Os livros de Registo de Baptismos (1761 - 1840); Registo de Casamentos (1754 - 1832) e Registo de Óbitos (1774 - 1840) encontram-se no Arquivo Distrital de Lisboa.
Existência e localização de cópias: O Arquivo Distrital da Guarda possui os rolos de microfilmes nº 802/173 e 803/174, nos quais se encontram os Registos de Baptismos (1761 - 1840); Registos de Casamentos (1754 - 1832) e Registos de Óbitos (1774 - 1840)


Originais U. I.
Registo de Baptismos 1761 – 1898 13 liv/mf
Registo de Casamentos 1754 – 1904 09 liv/mf
Registo de Óbitos 1774 – 1877 08 liv/mf

.Ficheiro Acrobat ReaderConsulte o inventário para esta freguesia(pdf, 9869 Bytes)

Para visualizar os documentos em formato Acrobat Reader (.pdf), necesita de ter instalado o Acrobat Reader (gratuito), se não possuir este program transfira-o do site da Adobe."

Nuno Soares disse...

Cara Mara,

Agradeço a sua visita ao Um blog sobre Algodres , pela qual fiquei a saber da existência deste interessante blog, que passarei a visitar sempre que possível.

Cordiais cumprimentos,

Renato Augusto disse...

parabens pelo seu blog muito show
se puder da uma passadinha no meu
topcientista.blogspot.com

Ana Maria disse...

Parabéns pelo blog.Fiquei encantada:)))